Maltas de capoeira

Oi no Rio de Janeiro , Oi no Rio de Janeiro
Pernambuco e velha Bahia
Chegaram os ex-escravos colega vei à grande periferia
Vagando pela cidade, oi então o negro ia
Oi para os portos e mercados, oi as feiras e
ferrovias
Sem ninguém pra lhe ajudar, colega vai e sem ter
informação
Sem dinheiro pra gastar, ai meu Deus, às vezes sem
ter o pão
Negro ia vadiar, na capoeira meu irmão
Falava alto o berimbau, golega vei e o pandeiro
acompanhava
Reco-Reco de mansinho, ai meu Deus e o joga começava
Rabo de arraia, na cabeçada e na rasteira,
Os turistas vinham ver e davam Dinheiro ao capoeira
Mas, o passado escravo, oi fez o negra inferior
Sem condições de viver, colega vei marginal ele virou
Assaltando casas nobres, oi mercenário sim senhor
Até se vestia de mulher pra roubar seja quem for
Manhosos e traiçoeiros, eram Guaiamuns, eram Nagôs
Maltas do Rio de Janeiro foi verdadeiro terror
E nem mesmo a polícia
Podia nada fazer
Pois se ficassem frente a frente, colega vei era
certo alguém morrer
A navalhada afiada , faca envenada, bengala de lado e
lenço no pescoço
Malandro de branco descia a ladeira o povo dizia vem
o capoeira
Mas isso tudo é passado hoje melhor posso entender
Mas se eu fosse daquele tempo
Eu Também queria ser das maltas de capoeira oiaia que
lutaram para viver
Maltas de capoeira não existem mais
Mas o negra ainda luta por seus ideais
Maltas de capoeira não existem mais
Malandro capoeira ficou para trás
Maltas de capoeira não existem mais
Obrigado por Deus não somos marginais

Questa voce è stata pubblicata in Maltas de capoeira e contrassegnata con . Contrassegna il permalink.

Lascia un commento

Inserisci i tuoi dati qui sotto o clicca su un'icona per effettuare l'accesso:

Logo WordPress.com

Stai commentando usando il tuo account WordPress.com. Chiudi sessione / Modifica )

Foto Twitter

Stai commentando usando il tuo account Twitter. Chiudi sessione / Modifica )

Foto di Facebook

Stai commentando usando il tuo account Facebook. Chiudi sessione / Modifica )

Google+ photo

Stai commentando usando il tuo account Google+. Chiudi sessione / Modifica )

Connessione a %s...