Ansia de libertade

Capoeira ê, capoeira
Capoeira ê, camará

CORO:
Capoeira ê, capoeira
Capoeira ê, camará

O negro que foi pego a covardia
Chorava na senzala ao lembrar,
Da sua casa, mãe mulher e filha.
Da vida sofrida que levava lá
Capoeira

Capoeira ê, capoeira
Capoeira ê, camará

CORO

Marcado com ferro em brasa feito gado,
No pescoço corrente para não fugir
Mas o dia de fuga já estava marcado,
O meu deus me ajude a encontrar Zumbi.
Capoeira

CORO

Capoeira ê lélé, capoeira
Capoeira ê, camará

La na mata foi ligeiro como o vento,
Sua anciã de liberdade que o guiou,
Sera que deus ouviu o seu lamento,
Pois a mão de Zumbi nesta noite ele apertou.
Capoeira

CORO

Capoeira ê lélé, capoeira
Capoeira ê, camará

Eu ainda não sei como há tanta beleza,
Nesta terra que já fez tanto sofrer
Nesta terra que se fez a capoeira
Nesta terra que escolhi para viver.
Capoeira

CORO

Capoeira ê lélé, capoeira
Capoeira ê, camará

CORO

Questa voce è stata pubblicata in Ansia de libertade e contrassegnata con , . Contrassegna il permalink.

Lascia un commento

Inserisci i tuoi dati qui sotto o clicca su un'icona per effettuare l'accesso:

Logo WordPress.com

Stai commentando usando il tuo account WordPress.com. Chiudi sessione / Modifica )

Foto Twitter

Stai commentando usando il tuo account Twitter. Chiudi sessione / Modifica )

Foto di Facebook

Stai commentando usando il tuo account Facebook. Chiudi sessione / Modifica )

Google+ photo

Stai commentando usando il tuo account Google+. Chiudi sessione / Modifica )

Connessione a %s...