A rei da mata

A onça morreu o mato e meu, mato e meu, mato e meu (coro)
A onça morreu o mato e meu, A onça morreu , mato e meu,
Assim dizia o caçado,
De repente veio o leao
Disse que a luta mal começou
Nao pode haver vencedor,
Eu vi tu matar a onça
Por isso vim preparado
Caçado, tome cuidado
Que eu nao dou meu golpe errado
La vem o leao e o rei da mata (coro)
De dia ele dorme, a noite ele caça
(coro)
Ele faz caçado muitas vezes virar caça

Annunci