A saudade

A saudade
no coração de um capoeira,
é igual a uma rasteira,
faz o berimbau parar…

Hoje não faz,
toca o toque de angola,
onde o capoeira chora
mesmo sem querer chorar…

Aí se ve
do lamento de um guerreiro,
sem rumo, sem paradeiro…
Um poeta que aparece…

Ele se esquece
que é forte e perigoso,
tira o lenço do pescoço
e joga um verso no ar…

E diz: amor,
por favor espere um pouco,
não vá me trocar por outro,
eu vim aqui ja volto ja…

Iê, viva meu Deus,
Iê, viva meu Deus, camara

Iê, viva meu mestre,
Iê, viva meu mestre, camara

Iê, quem me ensinou,
Iê, quem me ensinou, camara

Iê, a Capoeira,
Iê, a capoeira, camara

Ele é mandingueiro,
Ele é mandingueiro, camara

Annunci