Canto da lagoa

Lá no canto da lagoa
Ela se apaixonou
Sem saber como seria
Sem saber como seria
Ele era pescador
Timoneiro, remador
Das águas da maresia
Das águas da maresia
E a maré que é traçoeira
Se voltou para o horizonte
Levando o barco pro mar
Levando o barco pro mar
Joga rede noite e dia
Era dor, era alegria
Esperando a hora de voltar
Esperando a hora de voltar
Vai ter peixe lá na feira
Na roda de Capoeira
Iúna começa a tocar
Iúna começa a tocar
Eu canto pra agradecer
A levada retirante
De Angola, Nagô e Urubá
E eu vou pro mar
E eu vou pro mar
Eu vou, Eu vou
E eu vou pro mar
E eu vou pro mar