Casei meu sangue com Deus

Casei meu sangue com Deus
E jurei ao pé da cruz
Que eu iria me vingar

Vingança essa muito séria
Em que eu tinha que lutar
Com um negro muito forte
Que só jogava para matar

Mas o tempo foi passando
E eu fiquei a imaginar
Que pra ser bom capoeira
Tem que ter bom fundamento
e muita ginga pra jogar

Que pra ser bom capoeira
Tem que ter bom fundamento
e muita ginga pra jogar

Eu não carrego medo
Mas agüento com a mandinga
E carrego um patuá
Olha aqui, meu camarada
Se queres jogar, vamos lá

Se queres jogar, vamos lá

Ê, ê, ê, berimbau
Zum, zum, zum,
Cordão de ouro

Ê, ê, ê, berimbau
Zum, zum, zum,
Cordão de ouro