Archivi categoria: Na beira do Cais

Na beira do Cais

Que saudade do tempo De jogar com alegria Me recordo o respeito, o sorisso no rosto A maior energia Lá na beira do Cais Berimbau se ouvia Eu chegava de branco E minha roupa branca voltava limpinha, na beira do … Continua a leggere

Pubblicato in Na beira do Cais | Contrassegnato , | Lascia un commento