Senhor do engenho

Senhor do engenho,
me dê carta de alforria,
senhor do engenho,
preciso me libertar

Senhor do engenho…

CORO:
Senhor do engenho,
me dê carta de alforria,
senhor do engenho,
preciso me libertar

Eee, eu trabalho há muito anos,
nasci no canavial
minha mãe veio de angola,
trazinda como animal

Senhor do engenho…

CORO

Eee, o meu pai morreu no tronco,
mas foi um negro guerreiro,
eu aqui não morro não,
vou fugir do cativeiro

Senhor do engenho…

CORO

Eee, sou escravo nesta carne,
calo nos pés e nas mãos,
mas a minha alma é livre,
tenho Jesus no coração

Senhor do engenho…

CORO

Senor do engenho,
to pedindo por favor,
peço de toda maneira,
seo senhor não libertar,
eu vou fugir pra capoeira

Senhor do engenho…

CORO

Annunci