Toda Bahia chorou

Iê !
Toda Bahia chorou (bis)
Do dia que a capoeira de Angola
Perdeu seu protetor
Mestre Pastinha foi embora
Oxalá foi que o levou
Lá pra terras de aruanda
Mas ninguém se conformou
Chorou general, menino
Chorou mocinha, doutor
Pretas velhas, feiticeiras
Ogans e Babalão
Berimbau tocou Iûna
Num toque triste de mestre
A capoeira foi jogada
Ao som desta canção
Da boca de mandingueiro
De dentro do coração
E não houve na Bahia
Quem não cantasse esse refrão
Vai lá menino
Mostra o que o mestre ensinou
Mostra que arrancaram a planta
Mas a semente brotou
E se for bem cultivada
Vai dar bom fruto e bela flor
Iê, viva Pastinha

Annunci