Me Lembra a África

Cabo verde, Congo,
Moçambique e Angola,
me lembra a áfrica,
o meu berimbau chora

CORO:
Cabo verde, Congo,
Moçambique e Angola,
me lembra a áfrica,
o meu berimbau chora

Oi lembra Bantu,
lembra Gêge e Nagô,
Yorubá,
Urucungo meu senhor

CORO

Lembra N’Golo,
Camangula e Baçula,
dança da zebra,
êê na efundula

CORO

Lembra Guiné,
lembra Benguela e Luanda,
lembra Nigéria,
êê lembra Uganda

CORO

Oi lembra os mestres
da capoeira de outrora,
filhos da áfrica,
estão na minha memória

CORO

Lembra seu Bimba,
seu Pastinha e aberrê,
seu Waldemar,
êê seu Mucungê

CORO

Annunci

Senhor do engenho

Senhor do engenho,
me dê carta de alforria,
senhor do engenho,
preciso me libertar

Senhor do engenho…

CORO:
Senhor do engenho,
me dê carta de alforria,
senhor do engenho,
preciso me libertar

Eee, eu trabalho há muito anos,
nasci no canavial
minha mãe veio de angola,
trazinda como animal

Senhor do engenho…

CORO

Eee, o meu pai morreu no tronco,
mas foi um negro guerreiro,
eu aqui não morro não,
vou fugir do cativeiro

Senhor do engenho…

CORO

Eee, sou escravo nesta carne,
calo nos pés e nas mãos,
mas a minha alma é livre,
tenho Jesus no coração

Senhor do engenho…

CORO

Senor do engenho,
to pedindo por favor,
peço de toda maneira,
seo senhor não libertar,
eu vou fugir pra capoeira

Senhor do engenho…

CORO

Sinhazinha chama feitor

Sinhazinha chama feitor,
que hoje tem nego fujão,
já matou capataz lá na lavoura,
ta fugindo nego de montão

CORO:
Sinhazinha chama feitor,
que hoje tem nego fujão,
já matou capataz lá na lavoura,
ta fugindo nego de montão

No tempo da escravidão,
o nego era castigado;
era não obedecer, que o
seu corpo era chicoteado

CORO

O nego estava cansado,
de tanta humilhação,
chega de tronco e pelourinho,
não quero apanhar mais não

CORO

Nego criou a capoeira,
luta de libertaçao,
contra faca e navalhada,
lutava com o pé e a mão

CORO

Capoeira é uma luta,
luta de libertação,
com o decorrer do tempo
virou esporte e educação

CORO