Capoeira da africa

Nego tem mandinga, seu corpo fechado com seu patua
Seu andar é ginga, cuidado com o nego ele pode matar

Mata mata
Oi Cuidado com o nego ele pode mata

CORO: Mata mata
Cuidado com o nego ele pode mata

CORO: Mata mata
Eee Cuidado com o nego ele pode mata

CORO: Mata mata
Eee Cuidado com o nego ele pode mata

CORO: Mata mata

Negos Africanos, com raízes fortes que vêm de lá
Do Congo da Guiné, Moçambique de Angola

Mata mata
Oi Cuidado com o nego ele pode mata

CORO: Mata mata
Cuidado com o nego ele pode mata

CORO: Mata mata
Eee Cuidado com o nego ele pode mata

CORO: Mata mata
Eee Cuidado com o nego ele pode mata

CORO: Mata mata

Capoeira luta poderosa que veio lá da Africa á uns tempos atrás
Ganhou força lá na bahia com Bimba, Pastinha e os demais

Ai ai aidêêêêêê
Ai ai aidêêêêêê

VAI

CORO: Ai ai aidêêêêêê [Eee Bimba e os demais]
Ai ai aidêêêêêê [Eee aidê aidêêêêêê]

CORO: Ai ai aidêêêêêê [Eee Bimba e os demais]
Ai ai aidêêêêêê [Eee aidê aidêêêêêê]

CORO: Ai ai aidêêêêêê [Eee Bimba e os demais]
Ai ai aidêêêêêê

No tempo que eu era moço Capoeira era coisa de paz
Hoje em dia é só soco e agarrão virou luta de capataz

Ai ai aidêêêê
Ai ai aidêêêê

CORO:
Ai ai aidêêêê [Eee virou luta de capataz
Ai ai aidêêêê [Eee aidê aidêêêêêê]

CORO:
Ai ai aidêêêê [Eee virou luta de capataz
Ai ai aidêêêê [Eee aidê aidêêêêêê]

CORO:
Ai ai aidêêêê [Eee virou luta de capataz
Ai ai aidêêêê

Meu batuque vem de luanda minha força dos orixás
Rapaz se eu correr, oi nem tente correr atrás

Ai ai aidêêêê
Ai ai aidêêêê

CORO:
Ai ai aidêêêê [olha força dos orixás]
Ai ai aidêêêê [Eee aidê aidêêêêêê]

CORO:
Ai ai aidêêêê [olha força dos orixás]
Ai ai aidêêêê [Eee aidê aidêêêêêê]

CORO:
Ai ai aidêêêê [olha força dos orixás]
Ai ai aidêêêê

Annunci

Jogo de negro

oh oh oh oh oh
oh oh oh oh oh

Chibata batia o sangue corria nas costas
O negro vivia cansado de apanhar
Aí foi que eles fugiram para os quilombos
Criaram a Capoeira arte de matar

Eh capoeira

Coro:
Eh Jogo de negro
Capoeira era a arma
usada na escravidão

Eh capoeira

CORO:
Eh Jogo de negro
que sentia a força de
Zumbi no seu coração

oh oh oh oh oh
oh oh oh oh oh

Houve gente que morreu mesmo sem viver
Abria os olhos directo pra trabalhar
Cansados doentes famintos e sem amor
Liberdade naquele tempo só pra sonhador

Eh capoeira

Coro:
Eh Jogo de negro
Capoeira era a arma
usada na escravidão

Eh capoeira

CORO:
Eh Jogo de negro
que sentia a força de
Zumbi no seu coração

oh oh oh oh oh
oh oh oh oh oh

No rosto do negro correm lagrimas de sangue
Que lembra de tudo que ele passou
Chegar na senzala e ver sua noiva violada
Pros caprichos de um homem rico ou de um feitor

Eh capoeira

Coro:
Eh Jogo de negro
Capoeira era a arma
usada na escravidão

Eh capoeira

CORO:
Eh Jogo de negro
que sentia a força de
Zumbi no seu coração

oh oh oh oh oh
oh oh oh oh oh

oh oh oh oh oh
oh oh oh oh oh