De angola

De Angola, Veio no navio negreiro…
Negro chora, vivendo no cativeiro..
..de Angola..de angola .. de angola…

Veio no Navio Negreiro,
Trazido como animal
Vem pra ser mais um guerreiro
Na luta do bem contra o mau…

Lagrimas e sentimentos…
Choro de tristeza e dor
Não ha tempo pra lamento
Pois a luta não acabou…

Dentro da mata fechada
tem uma mata rasteira
Onde os negros la lutavam
Chamada de Capoeira…

Sinhozinho não armas
Pra essa batalha vencer
Negro usa luta guerreira
Pro quilombo defender…

de Angola…de Angola…de Angola…

Annunci