Archivi tag: Mestre Barrão

No nego você não da

Era domingo La no alto da ribeira Na roda de capoeira Quando eu vi o nego jogar Deu meia-lua deu macaco deu rasteira ele planteu bananeira e ainda deu salto mortal Você diz que dá no nego No nego você … Continua a leggere

Pubblicato in No nego você não da | Contrassegnato , | Lascia un commento

Guerreiro do quilombo

Sou Guerreiro do Quilombo, Quilombola Lê lê lê ô Eu sou Negro dos Bantos de Angola Negro nagô Sou Guerreiro do Quilombo, Quilombola Lê lê lê ô Eu sou Negro dos Bantos de Angola Negro nagô Fomos trazidos pro Brasil … Continua a leggere

Pubblicato in Guerreiro do quilombo | Contrassegnato , | Lascia un commento

Maita Sou eu

sou eu maita sou eu (coro) Eu vivia nas terra de Angola quando o senhor me capiturou mas Zumbi nosso grande rei negro la do cativeiro ele me libertou coro Dentro do grande navio negreiro nos era humilhado e tambem … Continua a leggere

Pubblicato in Maita Sou eu | Contrassegnato , | Lascia un commento

Vou embolar

Vou Embolar Eu vou cantar vou embolar pra voçe ver Eu vou cantar vou embolar pra voçe ver (coro) Eu vou cantar vou embolar pra voçe ver Que nem tudo que e planta Tem a musica tem a arte Tambem … Continua a leggere

Pubblicato in Vou embolar | Contrassegnato , | Lascia un commento

Menino de rua

Sou capoeira Fui menino de rua Pois é seu moço hoje a vida continua Mais eu sou Sou capoeira fui menino de rua Pois é seu moço Hoje a vida continua Cunado eu era criança Eu era discriminado Muita gente … Continua a leggere

Pubblicato in Menino de rua | Contrassegnato , | Lascia un commento

Essa Arte

Essa arte me encanta Eu nao quero mais sair Oh! Bendita capoeira Que vem do nosso ancestrais Salve, salve o meu mestre Que me ensinou o ABC Deus lhe salve, Deus lhe ajude Nunca mais vou lhe esquecer Cada salto … Continua a leggere

Pubblicato in Essa Arte | Contrassegnato , | Lascia un commento

Pula Moita

Capoeira que pula moita Sem saber pra onde vai Para mim é um filho perdido Andando sem destino A procura de um pai Esquecer suas raízes E até quem lhe ensinou Pulando de grupo em grupo Querendo ser professor Olha … Continua a leggere

Pubblicato in Pula Moita | Contrassegnato , | Lascia un commento