Archivi tag: Mestre Fanho

Na beira do Cais

Que saudade do tempo De jogar com alegria Me recordo o respeito, o sorisso no rosto A maior energia Lá na beira do Cais Berimbau se ouvia Eu chegava de branco E minha roupa branca voltava limpinha, na beira do … Continua a leggere

Pubblicato in Na beira do Cais | Contrassegnato , | Lascia un commento

Dia de festa

Mas hoje é dia de festa Eu jurei que não vai me importar Se o batuque não sai como eu gosto Se a morena não vai me olhar Hoje eu quero jogar Capoeira Ver mandinga prá la e prá cá … Continua a leggere

Pubblicato in Dia de festa | Contrassegnato , | Lascia un commento